logomarca
ENCERRADO
JE URAÍ
Data

07/02/2022 a partir 13:00:00

Data

21/02/2022 a partir 13:00:00

LOCAL: URAI-PR

LOTE Nº 01

IMÓVEIS RURAIS
CANCELADO
Descrição do bem:

direitos que a Executada possui da parte ideal (19,1233 alqueires paulistas), constituída pelo Lote 3 da subdivisão da Fazenda Santa Terezinha, da Gleba da Onça, município de rancho Alegre, comarca de Uraí/PR, com uma área de terras medindo 84,80 alqueires paulistas, ou seja, 2.052.160,00 m2, contendo benfeitorias, com as dividas e confrontações constantes na matrícula 1238 do Cartório de Registro de Imóveis de Urai/PR. O imóvel possui terras com topografia plana levemente inclinada para as margens do rio Tibagi, sendo totalmente mecanizável e utilizado para a agricultura de grãos. O imóvel está localizado distante do centro da cidade de Rancho Alegre/PR, há aproximadamente 8km, de fácil acesso pela rodovia PR-443 e estrada secundária municipal de terra cascalhada. O imóvel na área ideal penhorada não possui edificações de benfeitorias que agreguem valor ao mesmo, apenas preparado para a agricultura. OBS: Tratando-se de penhora de bem indivisível, o equivalente à quota-parte do coproprietário ou do cônjuge alheio à execução recairá sobre o produto da alienação do bem, nos termos do art. 843, Código de Processo Civil. Nesse caso, não será levada a efeito expropriação por preço inferior ao da avaliação na qual o valor auferido seja incapaz de garantir, ao coproprietário ou ao cônjuge alheio à execução, o correspondente à sua quota-parte calculado sobre o valor da avaliação (despacho de mov. 244.1, dos autos n. 0000233-13.2006.8.16.0148, ou seja, do juízdo de origem). OBS.: não é de responsabilidade do leiloeiro oficial informação quanto à viabilidade econômica do imóvel, devendo o arrematante buscar referida informação junto ao Setor de Planejamento da Prefeitura do local onde se encontra o mesmo. AVALIAÇÃO (19,1233 ALQUEIRES PAULISTAS): R$3.908.809,33 (três milhões, novecentos e oito mil, oitocentos e nove reais e trinta e três centavos), em 23/10/2020 (mov. 18.3), atualizado em R$4.612.201,71 (quatro milhões, seiscentos e doze mil, duzentos e um reais e setenta e um centavos), em 31/12/2021.

Avaliação: R$ 4.612.201,71

Lance Mínimo: R$ 2.767.321,02

Incremento: R$ 50.000,00



 
 

TOTAL DE 0 LANCE(S) OFERTADO(S)
Visitas: 104

Processo: 0000826-67.2020.8.16.0175
Exequente:
Executado:
ÚLTIMOS LANCES SUPERADOS
USUÁRIOVALOR R$DATA
Nenhum registro encontrado
RELAÇÃO DE LANCES POR USUÁRIO
LOGINQTD.VALOR R$
Nenhum registro encontrado

DESCRIÇÃO COMPLETA

direitos que a Executada possui da parte ideal (19,1233 alqueires paulistas), constituída pelo Lote 3 da subdivisão da Fazenda Santa Terezinha, da Gleba da Onça, município de rancho Alegre, comarca de Uraí/PR, com uma área de terras medindo 84,80 alqueires paulistas, ou seja, 2.052.160,00 m2, contendo benfeitorias, com as dividas e confrontações constantes na matrícula 1238 do Cartório de Registro de Imóveis de Urai/PR. O imóvel possui terras com topografia plana levemente inclinada para as margens do rio Tibagi, sendo totalmente mecanizável e utilizado para a agricultura de grãos. O imóvel está localizado distante do centro da cidade de Rancho Alegre/PR, há aproximadamente 8km, de fácil acesso pela rodovia PR-443 e estrada secundária municipal de terra cascalhada. O imóvel na área ideal penhorada não possui edificações de benfeitorias que agreguem valor ao mesmo, apenas preparado para a agricultura. OBS: Tratando-se de penhora de bem indivisível, o equivalente à quota-parte do coproprietário ou do cônjuge alheio à execução recairá sobre o produto da alienação do bem, nos termos do art. 843, Código de Processo Civil. Nesse caso, não será levada a efeito expropriação por preço inferior ao da avaliação na qual o valor auferido seja incapaz de garantir, ao coproprietário ou ao cônjuge alheio à execução, o correspondente à sua quota-parte calculado sobre o valor da avaliação (despacho de mov. 244.1, dos autos n. 0000233-13.2006.8.16.0148, ou seja, do juízdo de origem). OBS.: não é de responsabilidade do leiloeiro oficial informação quanto à viabilidade econômica do imóvel, devendo o arrematante buscar referida informação junto ao Setor de Planejamento da Prefeitura do local onde se encontra o mesmo. AVALIAÇÃO (19,1233 ALQUEIRES PAULISTAS): R$3.908.809,33 (três milhões, novecentos e oito mil, oitocentos e nove reais e trinta e três centavos), em 23/10/2020 (mov. 18.3), atualizado em R$4.612.201,71 (quatro milhões, seiscentos e doze mil, duzentos e um reais e setenta e um centavos), em 31/12/2021.